Pedi exoneração do cargo concursado para empreender com licitações

Curso licitações
http://cursolicitacoes.com.br/pdf-licitacao/

Por mais de nove anos fui servidor publico concursado até que em 2014 decidi mudar o rumo de minha vida para deixar de ser empregado e me tornar patrão tendo meu negocio próprio. Como estávamos entrando numa grande crise financeira no Brasil observei a necessidade de investir em negócios que tenha cliente certo, então vislumbrei a oportunidade de ter contrato de exclusividade com uma grande empresa de minha cidade, na verdade a empresa era a prefeitura em qual eu trabalhava.

Sim, a prefeitura consome mensalmente uma grande quantidade de papel, canetas, cafezinho, flores, merenda escolar, compra de móveis, passagens aéreas, material de construção, medicamentos, software, esterco de galinha para jardinagem, serviços de carro de som, limpeza de jardins e caixa de agua, serviços de reforma, concerto de ar condicionado, instalações hidráulicas, lavagem de carros, peças, uniformes, marmitas, aluguel de som, outdoor, cerimonial, bandas musicais e culturais … e centenas de outros itens seja de bens materiais, bem como serviços, muitas vezes não comparece ninguém na licitação pois não acham fornecedores e os fornecedores não ficam sabendo.

Comecei a observar a oportunidade de abrir uma empresa para fornecer bens e serviços para a administração publica, desde o nível municipal, estadual e federal. Bem como instituições indiretas que também compram por meio de licitações como Correios, Bancos Públicos, Companha de Abastecimento de Agua e Esgoto dentre dezenas de outras instituições.

Por lei o poder publico deve realizar suas compras de bens e serviços por meio de licitações, que é um procedimento regulamentado por leis onde qualquer empresa pode concorrer para fornecedor, desde que a proposta dela seja a mais vantajosa para a administração publica.

Enquanto funcionário da prefeitura por anos tenho observado alguns valores pagos muito acima do valor que eu comprava o mesmo item no comercio. Mas porque? A maioria das empresa não sabem como vender para os governos, dai os poucos que vendem oferecem o preço que querem para terem lucros bem satisfatórios, quando perguntamos aos fornecedores de produtos ou prestadores de serviços para prefeituras e governos eles sempre reclamam que não dá lucro, que não estão recebendo, mas nem pensam em deixar de fornecer e lá estão há anos.

Muitos amigos começaram a me perguntar como eles poderiam ser fornecedor de prefeitura também, dai sempre que eu falava sobre licitações a maioria nem fazia ideia como funciona este negócio. De tanto explicar, orientar, ajudar a montar a documentação e fazer todo o processo de licitação resolvi gerar conteudos gratuitos no youtuber e facebook para ajudar os empreendedores sobre dicas básicas de como participar de licitações, comecei a escrever um livro voltado para empreendedores que querem fazer negócios com o governo e formulamos um curso completo para negócios que estão começando do zero a licitar, podendo ser empresas já existentes ou mesmo empresas que serão abertas para participar exclusivamente de licitações.

Responsive image

Romeu Berger


Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão